RSS Feed

GQ em Fátima


Como seria de esperar, aqui no Bandeiras, cobrimos todos os grandes acontecimentos que acontecem não só no nossopaís mas no resto do Mundo. Desta vez, e porque Portugal é pródigo em asneiras, deslocámo-nos a Fátima para receber os nossos peregrinos,

visitantes, ou simplesmente os habitantes que estavam de férias por causa do fim de semana prolongado e que antecede o feriado de 8 de Dezembro, dia da Imaculada Conceição, bla bla bla…

Chega de balelas e vamos ao que interessa.

O Bandeiras conseguiu uma declaração bastante interessante  e que nos deixa a pensar se de facto toda a gente que vai a Fátima, sabe ao que vai.

Gervásia Qualina, amável senhora de 94 anos, diz que desde cedo se tornou numa beata freelancer tendo feito trabalhos nos mais variados sítios. Esteve presente no enterro de Adolf Hitler, de Sá Carneiro, do Papa João Paulo II e mais recentemente no do Jaqui Augusto lá da terra. GQ, como gosta de ser tratada, garante ao Bandeiras que é muito requisitada por ser das que mais chora.

“Choro por tudo e por nada” – diz GQ.

GQ diz que desde que chegou a Fátima que já rezou muito.

“De  inicio estive a rezar ao pé de um graffiti que dizia «Elizabete és toda grossa» mas depois lá acertei e estou nisto desde que cheguei.”

Apesar de não se lembrar há quanto tempo está em Fátima, GQ diz que nunca foi tão feliz e que não pensa em partir tão cedo. Se alguém souber de quem é a senhora, faça o favor de a ir buscar. Encontra-se algures na zona da Nova Sé.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: